Você é o VIP nº 3028330


Dicas de Esportes

Por Kátia Della Tôrres
e-mail: vipsdosul@vipsdosul.com.br

SELEÇÃO BRASILEIRA DE PUNHOBOL FEMININO E MASCULINO É BRONZE EM GRIESKIRCHEN, NA ÁUSTRIA EM 2021

Em 2021, as Equipes feminina e masculina de punhobol brasileira trouxeram de Grieskirchen, na Áustria, a medalha de BRONZE para o BRASIL. Já foram realizados 24 campeonatos mundiais, desde 1968.  O primeiro Campeonato masculino aconteceu em Linz, na Áustria em 1968, onde a Alemanha foi a Campeã Mundial e o primeiro Campeonato feminino aconteceu em Buenos Aires, na Argentina em 1994, onde a Alemanha foi a Campeã Mundial. Em 24 participações, o Brasil já foi OURO, três vezes, PRATA, sete vezes e BRONZE, nove vezes.

PARABÉNS para nossos atletas! 

MANUELLA POLTRONIERE RISSI, estudante, envolvida com esporte desde pequena, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 14 anos e aos 15 anos o Mundial. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria. Seus atletas favoritos são PELÉ e FERNANDA GARAY. Sonha viajar o mundo e gostaria de ganhar de presente um intercâmbio. Gremista, curte a praia com a família e amigos e sua lembrança da infância, é a escolinha Gente Miúda. Tem medo de perder quem ama, sua paixão é o irmão, adora falar alto, seu filme preferido é Amizade Colorida e seu perfume é Hypnose. Curte a rádio Mix, adora LULU SANTOS e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é Viva la Vida de COLDPLAY e seus artista preferidos são CAIO CASTRO e JULIANA PAES. Elegância é saber se comportar e se vestir para diferentes situações. É extrovertida, simpática, autoritária em alguns momentos, mas considera essencial para fazer a diferença, a empatia, pois somente assim, acredita que teremos um mundo melhor e confessa que queria ter aprendido antes a ser mais calma. Se fosse prefeito, cuidaria da educação e o bem estar da população e se fosse presidente da república, sua prioridade seria a educação e esporte. Sua frase preferida é: Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado. ROBERTO SHINYASHIKI

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
MANUELA ZOTT JACOBS, estudante, influenciada pelos pais participou do primeiro Campeonato Nacional aos 14 anos e aos 15 anos o Mundial. Coleciona mais de 60 medalhas e sonha ser campeã mundial. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são NEYMAR e TATI. No futuro, quer trabalhar na área de comercio exterior, curte estar ao ar livre e na praia com a família e sua lembrança da infância, são os Teletubbies. Tem medo de aranha, sua paixão é o punhobol, mania de bater na madeira três vezes depois de pensar algo, filme preferido, A Fantástica Fábrica de Chocolate, livro preferido é O tatuador de Auschwitz e seu perfume é 212 vip. Colorada, curte a rádio Gaúcha, adora LEONARDO (sertanejo) e SIMONE e SIMARIA, mas sua música inesquecível é Sofia. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e MARINA RUY BARBOSA. Elegância é não usar chinelo. É calma, feliz e considera essencial para fazer a diferença, ter força de vontade e queria ter aprendido antes, cozinhar. Gostaria de ganhar de presente uma viagem. Comer doce demais é sua maior culpa e tem como mágoa, errar o saque decisivo. Se fosse prefeito ou presidente da república, sua prioridade seria igualdade e educação. Sua frase preferida é: Viva hoje como nunca

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
GABRIELA DUARTE CAMARGO, estudante, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 13 anos e aos 17 anos o Mundial em Rosário na Argentina. Coleciona 17 medalhas, sendo 14 de OURO, uma de PRATA e duas de BRONZE, mas sonha ganhar um mundial de Punhobol. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são ALMIR JUNIOR MAYRA AGUIAR. Gremista, curte a praia com a família e sua lembrança da infância é cozinhar com a avó e fazer bolo de maçã, e sua culpa é não ter aproveitado melhor os momentos antes da pandemia. Tem medo de aranha e mania de ficar mexendo no cabelo. Sua paixão é jogar punhobol, seu filme preferido é Cartas para Julieta, livro, A Última Música e seu perfume é Miss Dior. Adora HENRIQUE e JULIANO e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é A thousand years.  CAIO CASTRO e JULIANA PAES, são seus artistas preferidos. Acredita que elegância é simplicidade. Perfeccionista, simpática e divertida, adora compartilhar momentos felizes com as pessoas que gosta e queria ter aprendido antes, o valor das pequenas coisas, e considera essencial para fazer a diferença, a atitude. Se fosse prefeito ou presidente da república, sua prioridade seria cuidar da educação e esportes. Sua frase preferida é: A vida é feita de escolhas, faça a sua e seja feliz

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
MELISSA DADALT KNEBEL, estudante, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 13 anos e aos 16 anos o Mundial em Roxbury, Boston | EUA. Coleciona 25 medalhas, sendo 16 de OURO, oito de PRATA e uma de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são MATEUS KUNTZLER e REJANE SINHORI. Sonha ganhar um campeonato mundial de Punhobol. Curte a praia com a família e sua lembrança da infância são os avós. Tem medo de perder quem ama, sua paixão é comer bolo, mania de antes de começar um jogo, dar um pique e uns pulos, seu filme preferido é Até o Último Homem, seu perfume é do Boticário. Curte a rádio Mix, adora LUAN SANTANA e MARÍLIA MENDONÇA, mas sua música inesquecível é Eu me rendo, e seus artistas preferidos são ARTHUR AGUIAR e JULIANA PAES. Colorada, se imagina formada, dentista e com sua própria família. É meiga, carinhosa, determinada, animada e gostaria de ganhar de presente a semifinal de volta. Considera essencial para fazer a diferença, vontade e determinação. Confessa que seu defeito é a insegurança e queria ter aprendido antes a importância de demonstrar os sentimentos e pensamentos e acredita que elegância é ser discreta e confiante de si. Acha que o açúcar é um mal necessário e a culpa que carrega é não ter confiado cem por cento no seu potencial e tem a mágoa de não ter dado ao time o que esperavam. Se fosse prefeito, sua prioridade seria educação e se fosse presidente da república, sua prioridade seria a honestidade. Sua frase preferida é: Sorria

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
MILENA DADALT KNEBEL, estudante de Administração e Gestão Financeira, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 13 anos e aos 16 anos o Mundial em Roxbury (EUA). Coleciona 25 medalhas, sendo 16 de OURO, oito de PRATA e uma de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são SERGINHO (vôlei) e LAIS SOUZA (ex-ginasta). Sonha ganhar um campeonato mundial de clubes adulto. Curte a praia com a família e sua lembrança da infância, é o sítio dos avós, onde ia até a poltrona de avô que estava esperando com balas de menta nas mãos. Tem medo de perder quem ama, sua paixão é comer chocolate, manias de balançar as pernas, seu filme preferido é Até o Último Homem e seu perfume é Victorias Secrets de Vanilla. Curte a rádio Mix, adora LUAN SANTANA e ANITTA, mas sua música inesquecível é Stronger. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e PAOLA OLIVEIRA. Elegância é ser educado e simpático sem passar dos limites e a maior saia justa que passou, foi perder a chave de casa e tentar abrir a porta com um cartão presente. É extrovertida, insegura, mas considera essencial para fazer a diferença, ser você mesmo e não deixar sua opinião ser alterada pela influência dos outros e confessa que queria ter aprendido antes a ser mais confiante. Acredita que o capitalismo é um mal necessário e a culpa que carrega é ter comprado a passagem errada e perder o voo de volta para o Brasil em 2019. Se fosse prefeito, sua prioridade seria o equilíbrio nos impostos proporcionalmente as rendas e se fosse presidente da república, sua prioridade seria diminuir a desigualdade social. Sua frase preferida é: Seja você, por você, para você

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
SILVIA LIZ CHULTIZ, estudante, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 14 anos e aos 16 anos o Mundial em Rosário na Argentina. Coleciona sete medalhas, sendo uma de OURO, três de PRATA e três de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são LUCÃO do vôlei e ROSAMARIA do vôlei. Sonha morar no exterior, curte a praia com a família e sua lembrança da infância é ficar na casa da avó. Tem medo de não ser feliz, sua paixão são os livros, mania de morder os lábios, filme preferido As Patricinhas de Beverly Hills, livro preferido, É Assim que Acaba de Colleen Hoover e seu perfume é Lily. Curte a rádio Jovem Pan, adora PEDRO SAMPAIO e ANITTA, mas sua música inesquecível é Body, Loud Luxury. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e BRUNA MARQUEZINE. Elegância é ser educado e a maior saia justa foi ver resto de comida no dente. Simpática, é grata aos pais e considera essencial para fazer a diferença, simpatia e educação e queria ter aprendido antes aproveitar os momentos. Acredita que aprender algo perdendo, é um mal necessário e tem como mágoa, deixar de fazer algo por medo. Se fosse prefeito, sua prioridade seria investir em educação e esporte e se fosse presidente da república, sua prioridade seria educação. Sua frase preferida é: Lembre-se do porque você começou

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
MARTINA BONZANINI BORTOLOTTO, estudante, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 15 anos e aos 17 anos o Mundial. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são BRUNO REZENDE e FERNANDA GARAY. Sonha morar fora, curte a praia com a família e sua lembrança da infância, são os treinos de vôlei. Tem medo de barata, sua paixão é comer cheesecake, mania de perfeccionismo, filme preferido é Fragmentado, livro preferido é A Revolução dos Bichos e seu perfume é Annie. Curte a rádio Atlântida, adora ARMANDINHO e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é Disco Arranhado. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e MARINA RUY BARBOSA. Elegância é ter personalidade. É dedicada e impaciente, mas considera essencial para fazer a diferença, dedicação, empatia e confessa que queria ter aprendido antes que nunca é tarde para aprender. Acredita que acordar cedo é um mal necessário e tem como mágoa, não ter trazido em 2021, o ouro do Mundial. Se fosse prefeito, sua prioridade seria investir mais na educação e se fosse presidente da república, sua prioridade seria acabar com a insegurança alimentar. Sua frase preferida é: Sempre é hora de fazer o que é certo

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
JÚLIA LIZ CHULTIZ, estudante, participou do primeiro Campeonato Nacional aos 12 anos e aos 14 anos o Mundial em Rosário na Argentina. Coleciona cinco medalhas, sendo três de PRATA e duas de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são BRUNINHO do vôlei e FLÁVIA SARAIVA. Sonha ter experiências em diversos países, curte a praia com a família e sua lembrança da infância foram brincadeiras em família. Tem medo de perder quem ama, sua paixão é o punhobol, tem mania de estralar os dedos, filme preferido é Garota Mimada, livro preferido, Bridgerton, JULIA QUINN (toda a coleção) e seu perfume é Liz. Curte a rádio 98FM, adora LUAN SANTANA e ANITTA, mas sua música inesquecível é Sweet Caroline. Seus artistas preferidos são CHAY SUEDE e JULIANA PAIVA. Elegância é ter empatia e a maior saia justa foi manchar a roupa antes de sair. Engraçada, considera essencial para fazer a diferença, a persistência, e queria ter aprendido antes a deixar as coisas rolarem, sem pensar muito. Sua mágoa é o medo de aproveitar os momentos e sua culpa é não acreditar em si mesma. Gostaria de ganhar livros de presente e se considera uma pessoa feliz. Se fosse prefeito, sua prioridade seria investir em educação e infraestrutura e se fosse presidente da república, sua prioridade seria educação e esporte. Sua frase preferida é: Não destrua seus sonhos, destrua seus limites

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
BIANCA SÜFFERT, estudante, pratica esporte desde pequena e participou do primeiro Campeonato Nacional aos oito anos e o Mundial, aos 12 anos. Atleta de Punhobol, coleciona 44 medalhas, e trouxe de Grieskirchen, na Áustria em 2021, o BRONZE para o Brasil e sonha ser campeã mundial. Seus atletas favoritos são BRUNINHO e FE GARAY. Colorada, curte a praia com a família e amigos e sua lembrança da infância é jogar Punhobol. Tem paixão por jogar punhobol, mania de estalar os dedos e medo de altura. Seu filme preferido é Troia, livro, Cherlotte e seu perfume é 212. Gostaria de ganhar meias de presente e sua mágoa é ter perdido a semifinal. Curte a rádio Mix, LUAN SANTANA e IZA, mas sua música inesquecível é Ai se eu te pego.  PEDRO CARDOSO e JULIANA PAES são seus artistas preferidos. Feliz e perfeccionista sua maior qualidade é a honestidade. Queria ter aprendido antes, falar outros idiomas e para fazer a diferença considera essencial, força de vontade. Se fosse prefeito, cuidaria da educação e se fosse presidente da república, sua prioridade seria a saúde. Sua frase preferida é: Busque sempre ser melhor

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
EDUARDA DULIUS EICH, estudante, envolvida com esporte desde pequena, influenciada pelos pais, participou do primeiro Campeonato aos 15 anos. Atleta de Punhobol, já acumula 35 medalhas e trouxe de Grieskirchen, na Áustria em 2021, o BRONZE para o Brasil. Seus atletas favoritos são PELÉ e MARTA. Sonha conquistar um título e gostaria de ganhar de presente uma correntinha. Gremista, curte a praia com a família e amigos e sua lembrança da infância são os avós olhando jogar futebol. Medo de decepcionar os pais é sua grande preocupação. Sua paixão é jogar punhobol e futebol, tem mania de ficar mexendo na correntinha, seu filme preferido é Pequeno Príncipe, livro, Sonhe, Acredite e Faça e, seu perfume é Eudora Eau. Adora ROBERTO CARLOS e PAULA FERNANDES, mas sua música inesquecível é Naked.  PAULO GUSTAVO e GIOVANA ANTONELLI são seus artistas preferidos. Elegância é Poder, desde que usado corretamente. Simpática, queria ter aprendido antes, o valor das coisas e sua maior qualidade é ser cumpridora de metas, mas considera essencial para fazer a diferença, usar a inteligência. Se fosse prefeito, cuidaria da saúde e educação e se fosse presidente da república, sua prioridade seria investir em treinamento para manter e desenvolver os policiais, juízes, médicos e professores. Sua frase preferida é: Tudo é possível desde que você dedique seu tempo, seu corpo e sua mente

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
ARTHUR HOLZ, estudante, entrou para os esportes influenciados pelos pais. Seu primeiro Campeonato Nacional foi aos nove anos e aos 16 anos o Mundial em Llanquihue no Chile. Coleciona 29 medalhas, sendo 24 de OURO, duas de PRATA e três de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são PELÉ e MARTA. Sonha poder jogar fora e conquistar títulos importantes jogando pela seleção adulta de Punhobol. Curte a praia com a família e sua lembrança da infância foi um intercâmbio na Argentina com o Punhobol. Tem medo que sua insegurança impeça de alcançar algum objetivo, sua paixão é o esporte, mania de roer unhas, seu filme preferido é Truque de Mestre, seu perfume é CK One. Curte a rádio Jovem Pan, ARMANDINHO e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é Shawn Mendes - Treat You Better. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e MARINA RUY BARBOSA. Gremista, é carinhoso, louco por punhobol e gostaria de ganhar de presente coisas que tenham valor sentimental. Considera essencial para fazer a diferença, dedicação e queria ter aprendido antes, dar valor para as pequenas coisas. Confessa que uma saia justa que passou, foi o dia que bateu a cabeça em um reboque de barco no intercâmbio e teve que fazer pontos e sua mágoa é não ter treinado o suficiente para conquistar um titulo que tanto queria. Acredita que elegância em um jogo, é ganhar com dedicação e seriedade e acha que dar cem por cento para melhorar em algo é um mal necessário e a culpa que carrega é não dar valor as coisas que realmente importam e procrastinar para fazer outras. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação, saúde e esporte.   Sua frase preferida é: Um homem feliz está muito satisfeito com o presente para pensar demais sobre o futuro. ALBERT EINSTEIN

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
VINICIUS PIRES PICKRODT, estudante, seu primeiro Campeonato Nacional foi aos 17 anos e aos 16 anos jogou o Mundial na Argentina, sem nunca ter jogado. Coleciona três medalhas. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são ÍTALO FERREIRA e MAYRA AGUIAR. Sonha viajar para Alemanha, curte a praia com a família e sua lembrança de infância foi o Projeto Criança.  Tem medo de morrer queimado, sua paixão é o esporte, mania de roer unha, seu filme preferido é Tropa de Elite, seu livro favorito é 1888 e seu perfume é Porche. Curte a rádio Gaúcha, MATHEUS e CAUAN e MARÍLIA MENDONÇA, mas sua música inesquecível é Dias de Luta Dias de Glória. Seus artistas preferidos são CAIO CASTRO e ÍSIS VALVERDE. Engraçado, gremista, quer ser no futuro educador físico e queia ter aprendido antes, jogar punhobol e gostaria de ganhar de presente um carro. Considera essencial para fazer a diferença, o carisma. Sua mágoa é decepcionar os amigos. Acredita que elegância é estar arrumado e carrega como culpa ter rodado de ano. Se fosse prefeito sua prioridade seria a organização da cidade e como presidente da república sua prioridade seria educação dos jovens. Sua frase preferida é: Amor só de mãe

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
MATEUS BLOS JUNG, estudante, entrou para o esporte aos nove anos. Seu primeiro Campeonato Nacional foi aos dez anos e aos 13 anos o Mundial. Coleciona 27 medalhas, sendo 22 de OURO, duas de PRATA e três de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são OSCAR SCHMIDT e MARTA. Sonha ser reconhecido dentro do esporte, sendo chamado por times da Europa e conquistar títulos em Mundiais de Seleções de Clube, World Games e, participar de uma Olimpíada. Curte a praia com a família e sua lembrança da infância foi ganhar a primeira bola de punhobol com seu nome. Tem medo de ser incapaz de alcançar seus objetivos, sua paixão é o esporte, mania de ensaiar sozinho entrevistas e jogos, seu filme preferido é Quebrando as Regras e seu perfume é Le Male Jean Paul Gaultier Eau de Toilette. Curte a rádio Mix, ARMANDINHO e ANITA, mas sua música inesquecível é Afire Love de ED SHEERAN. Seus artistas preferidos são RODRIGO SANTORO e ALICE BRAGA. Colorado, sociável e louco por punhobol, gostaria de ganhar de presente coisas que tenham valor sentimental. Considera essencial para fazer a diferença, força de vontade e queria ter aprendido antes, aceitar as frustrações. Confessa que uma saia justa que passou, foi um podcast que gravou para o canal do spotify da Federação Internacional de Punhobol, onde se perdeu nas palavras e travou a fala. Sua mágoa é não ter ganhado o segundo set da semifinal do Mundial de Seleções em Grieskirchen na Áustria. Acredita que elegância em um jogo, é ganhar com dedicação e seriedade e acha que treinar é um mal necessário. Carrega como culpa o sentimento de ter dado pouco valor para as coisas ao seu redor. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação, estrutura e incentivo ao esporte.   Sua frase preferida é: Um passo de cada vez. Não consigo imaginar outra maneira de se conquistar algo. MICHAEL JORDA

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
DIOGO MAGRONE RIECK, estudante, influenciado pelo irmão que já jogava, entrou para os esportes. Coleciona algumas medalhas. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são ALISSON e MARTA. Sonha viajar mais, curte a praia com a família e reunir os amigos e sua lembrança da infância são os avós.  Tem medo de aranhas e sua paixão é o esporte, seu filme preferido é Gênio Indomável, seu livro é Apanhador no Campo de Centeio seu perfume é Polo. Curte a rádio Gaúcha, RENATO RUSSO e CÁSSIA ELLER, mas sua música inesquecível é Primeiros Erros. Seus artistas preferidos são LEANDRO HASSUN e MORENA BACCARIN. Colorado, tímido e amigável, gostaria de ganhar de presente dinheiro. Considera essencial para fazer a diferença, trabalhar com um grupo unido. Acredita que elegância é se vestir bem e confessa que uma saia justa que passou, foi falar errado para uma multidão. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação.   Sua frase preferida é: O importante não é vencer todos os dias, mas lutar sempre

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
EDUARDO LACHNIT BECKER, estudante, entrou para o esporte por incentivo dos pais. Seu primeiro Campeonato Nacional foi aos dez anos e aos 13 anos o Mundial. Coleciona 12 medalhas, sendo dez de OURO, uma de PRATA e uma de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são o SERGINHO do vôlei e a MARTA. Sonha ser campeão mundial de seleções adulto no punhobol, curte a praia com a família e sua lembrança de infância foi sua primeira viagem de avião para uma competição. Tem medo de se lesionar e não poder jogar mais, sua paixão é o esporte, mania de escutar música antes do jogo, seu filme preferido é Harry Potter e o Cálice de Fogo e seu perfume é laias. Curte a rádio Mix, ARMANDINHO e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é Outra Vida. Seus artistas preferidos são RODRIGO SANTORO e ALICE BRAGA. Tímido, sincero, colorado, quer ser no futuro, educador físico e gostaria de aprender outros idiomas e ganhar de presente um celular novo. Considera essencial para fazer a diferença, a persistência e confessa que uma saia justa é falar em público. Sua mágoa é ter perdido a semifinal do Mundial de Seleções em Grieskirchen na Áustria. Acredita que elegância em um jogo, é ganhar com respeito e carrega como culpa o sentimento de ter dado pouco valor para as coisas ao seu redor. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação e saúde. Sua frase preferida é: Só sei que nada sei

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
ERMÍNIO GOLDANI, estudante, entrou para o esporte por influência da mãe. Coleciona três medalhas, duas de OURO e uma de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são PEDRO GEROMEL e DAIANE DOS SANTOS. Sonha ser campeão mundial de clubes pela SOGIPA e sua lembrança de infância são os momentos com amigos na escola. Tem medo de não atingir as metas pessoais, sua paixão é o esporte, mania de comer doce, seu filme preferido é Shrek, seu livro favorito é Transformando Suor em Ouro e seu perfume é 1 Million. Curte a rádio Atlântida, ALEXANDRE MAGNO (chorão) e MARÍLIA MENDONÇA, mas sua música inesquecível é Dias de luta Dias de Glória. Seus artistas preferidos são EDUARDO STERBLITCH e MARINA RUY BARBOSA. Extrovertido, no futuro quer ser administrador. Gostaria de ter aprendido antes outros idiomas e gostaria de ganhar de presente um carro. Considera essencial para fazer a diferença dar o seu máximo, independente no que for. Acredita que elegância é tratar as pessoas bem e ser você mesmo e carrega como culpa não ter começado a treinar Punhobol mais cedo. Se fosse prefeito sua prioridade seria a construção e melhorias de escolas e como presidente da república sua prioridade seria vacinação para a população. Sua frase preferida é: Nem ganhar, nem perder, mas procurar evoluir

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
PEDRO GRIPPA RYZEWSKI, estudante, entrou para o esporte com 15 anos. Seu primeiro Campeonato Nacional foi aos 15 anos e aos 16 anos o Mundial. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são DANIEL ALVES e FABIANA MURER. Sonha fundar uma companhia que agregue valor a sociedade e sua lembrança de infância era jogar taco na praia o dia inteiro. Tem medo de não alcançar seus sonhos, sua paixão são carros, mania de pensar muito, seu filme preferido é Ford vs Ferrari, seu livro favorito é Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas e seu perfume é Versace Eros. Curte a rádio 107.7 FM Cultura, VINICIUS DE MORAES e ELIS REGINA, mas sua música inesquecível é Wisemen - James Blunt. Seus artistas preferidos são LEANDRO HASSUM e FERNANDA MONTENEGRO. Pensador e as vezes orgulhoso, no futuro quer ser empreendedor. Gostaria de ganhar de presente um PC bom para jogos e para a faculdade e considera essencial para fazer a diferença, pensar fora da caixa e não desistir dos seus valores. Elegância é postura e confiança e carrega como culpa não aproveitar algumas experiências por medos irracionais e não ter começado a treinar punhobol mais cedo. Acredita que político é um mal necessário, tem como mágoa nunca ter ficado em primeiro lugar em campeonato representando a SOGIPA e uma saia justa que passou foi ter soltado um pum alto na sala de aula. Se fosse prefeito sua prioridade seria tapar buracos das ruas, plantar árvores frutíferas pela cidade, instalar bebedouros públicos, melhorar o transporte público e como presidente da república sua prioridade seria a educação. Sua frase preferida é: O mais pobre não é aquele que menos tem, mas aquele que tudo quer

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
GABRIEL HANSEN PRESSER, estudante, entrou para o esporte por incentivo dos pais. Seu primeiro Campeonato Nacional foi aos 13 anos e aos 16 anos o Mundial. Coleciona duas medalhas, sendo uma de OURO e uma de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são o LUAN DE OLIVEIRA e MARTA. Sonha ser reconhecido no punhobol, curte a praia com a família e sua lembrança de infância são os amigos. Tem medo de aranhas, sua paixão é o punhobol, mania de roer unha, seu filme preferido é Um Sonho Possível, seu livro é Uma Breve História do Tempo. Curte a rádio Jovem Pan, MATUÊ e PAULA FERNANDES, mas sua música inesquecível é Like a Stone. Seus artistas preferidos são LÁZARO RAMOS e TATÁ WERNECK. Eufórico, confiável e colorado, quer ser no futuro, engenheiro eletrônico e gostaria de ter aprendido antes a importância do esporte e gostaria de ganhar de presente um carro. Considera essencial para fazer a diferença, dedicação e comprometimento. Sua mágoa é ter perdido a semifinal do Mundial de Seleções em Grieskirchen na Áustria. Se fosse prefeito sua prioridade seria os esportes e se fosse presidente da república sua prioridade seria educação. Sua frase preferida é: O que você tem todo mundo pode ter, mas o que você é, ninguém pode ser

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
VITTOR SILVEIRA FESTUGATTO, estudante, entrou para o esporte por indicação de um amigo. Seu primeiro Campeonato Nacional foi em 2017 e Mundial em 2021. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são DOUGLAS DOGA e AMANDA NUNES. Sonha encontrar um propósito, curte a praia com a família e sua lembrança de infância é a casa dos avós. Tem medo de ficar paraplégico, sua paixão é a família, mania de procastinar, seu filme preferido é Velozes e Furiosos 7, seu livro é + Esperto que o Diabo e seu perfume é o 212. Curte a rádio 107.1, NANDO REIS e IVETE SANGALO, mas sua música inesquecível é I dont wanna miss a thing. Seus artistas preferidos são LEANDRO HASSUM e AGATA MOREIRA. Educado, parceiro, gremista, preguiçoso as vezes, queria  ter aprendido antes que não da para confiar em todo mundo. Uma saia justa foi entupir o vaso na casa de alguém e gostaria de ganhar de presente, dinheiro. Elegância é ser humilde e considera essencial para fazer a diferença, a honestidade. Sua culpa é ter tratado mal algumas pessoas. Se fosse prefeito sua prioridade seria a segurança pública e se fosse presidente da república

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
GABRIEL PETRY HECK, auxiliar Técnico da Seleção Juvenil de Punhobol, entrou para o esporte por influência dos pais. Seu primeiro Campeonato Nacional aos nove anos e Mundial aos nove anos em Córdoba na Argentina. Coleciona 12 medalhas, sendo oito de OURO, uma de PRATA e três de BRONZE. Atleta de Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seu atleta favorito é MATHEUS LAMMEL. Sonha em conseguir ser Campeão Mundial, curte a praia com a família e sua lembrança de infância é o primeiro Campeonato Internacional na Argentina, onde estava indo jogar e tinha comprado duas hamburguesas de almoço, que entregou para a mãe cuidar. Passou o jogo todo olhando para ela, e após o jogo foi uma criança feliz com suas hamburguesas. Tem medo de ficar paraplégico ou qualquer outra doença que impossibilite de praticar atividades físicas, pois isso o assusta muito. Sua paixão é viajar o mundo jogando punhobol e conhecendo pessoas diferentes. Seu filme preferido é Querido Jonh e seu livro é Dois a Dois de NICHOLAS SPARKS. Curte a rádio Atlântida, LAGUM (banda) e PAULA FERNANDES, mas sua música inesquecível é I won't give up. Educado, competitivo, respeitoso, comunicativo e fascinado pelo esporte, com uma dedicação invejável, queria ter aprendido antes a importância de leitura e de um treinamento de qualidade para o cuidado do corpo. No futuro quer ser um profissional de educação física, com pessoas de diversas idades para que consigam viver uma vida com saúde e que consigam estar preparados para fazer atividade que quiserem. Um mal necessário dentro do esporte é sair do time e deixar de jogar no Brasil para explorar uma vida de jogos competitivos na Europa com outra equipe. Uma saia justa foi não poder jogar melhor por lesões e gostaria de ganhar de presente, a companhia das pessoas que são queridas. Elegância é saber tratar as pessoas com respeito e saber quando se desculpar após errar. Considera essencial para fazer a diferença, determinação, disciplina e trabalho duro. Sua culpa é ser viciado por jogos de computador na infância e adolescência e uma mágoa é ter perdido a oportunidade de jogar Campeonatos Mundiais representando seu País, por ter sofrido lesões. Se fosse prefeito sua prioridade seria incentivar o esporte, principalmente em áreas de menor renda, pois através do esporte se aprende valores para vida e trazer diversas experiências significativas para as pessoas e se fosse presidente da república sua prioridade seria incentivar esportes para ajudar a construir uma sociedade mais digna e com valores. Sua frase preferida é: A vontade de se preparar tem que ser maior que a vontade de vencer

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
JORGE LUIZ HECK é técnico da Seleção Brasileira de Punhobol Juvenil Masculino e coordenador técnico, do Departamento de Punhobol da SGNH. Entrou para o esporte muito cedo, pois morava em frente ao clube. Seu primeiro Campeonato Nacional foi em 1969 e em 1972 o Mundial. Coleciona muitas medalhas e como técnico do Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são PELÉ e HORTENCIA. Sonha ter uma quadra de tênis no sítio e sua lembrança de infância é brincar na chuva. Tem medo de elevador, sua paixão é o esporte, mania de calçar o pé esquerdo antes do direito, seu filme preferido é GHOST, seu livro é Laços Eternos e seu perfume é Malbec do Boticário. Curte a rádio Antena 1, OSVALDO MONTENEGRO e GAL COSTA, mas sua música inesquecível é Mull of Kintyre - Paul McCartney. Sonhador, perseverante e gremista, gostaria de ter aprendido antes, outros idiomas e gostaria de ganhar de presente a garantia de saúde. Considera essencial para fazer a diferença a proatividade e uma saia justa foi chegar atrasado em um evento. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação. Sua frase preferida é: Não esperar o amanhã

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
CARLOS ALBERTO FONSECA VENEROSO é técnico da Seleção Juvenil de Punhobol. Entrou para o esporte muito cedo. Seu primeiro Campeonato Nacional foi com 12 anos e com 16 anos o Mundial. Coleciona muitas medalhas e como técnico do Punhobol, em 2021, trouxe para o Brasil, o BRONZE de Grieskirchen, na Áustria e seus atletas favoritos são GIBA e FABI do Volei. Sonha como treinador, ser campeão Mundial, sua lembrança de infância foram os bons momentos com seu pai. Tem medo de perder as pessoas que gosta, sua paixão é o punhobol, mania de estourar garrafinhas durante os jogos, seu filme preferido é Até o Último Homem, seu livro é Transformando Suor em Ouro - BERNARDINHO e seu perfume é 1 Million. Curte a rádio Atlantida, RENATO RUSSO e CASSIA ELLER, mas sua música inesquecível é Infinita Highway. Seus artistas preferidos são SELTON MELO e MARINA RUY BARBOSA. Comprometido, líder nato, é gremista e gostaria de ter aprendido antes, valorizar as pessoas e gostaria de ganhar de presente, viagens. Considera essencial para fazer a diferença, dedicação e sempre buscar o melhor e uma saia justa é falar outro idioma em público. Tem como culpa, não dar o seu melhor e acredita que elegância é sempre ser você mesmo. Se fosse prefeito e presidente da república sua prioridade seria educação. Sua frase preferida é: A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será consequência da boa preparação

Foto: Divulgação | Arquivo Pessoal
Páginas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30


voltar ao topo